terça-feira, 7 de novembro de 2017

Sophia de Mello Breyner Andresen


Concurso de Cartazes

No âmbito do Mês Internacional da Biblioteca Escolar, os alunos do 3º ciclo com a colaboração dos professores de Educação Visual, participaram com entusiasmo na elaboração de cartazes sob o tema.











sexta-feira, 22 de setembro de 2017

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

A Biblioteca Escolar...


A equipa da BE lembra a todos os alunos, em especial os do 5º ano que podem passar pela Biblioteca para estudar, fazer trabalhos, efetuar pesquisas, participar em atividade lúdicas e concursos como por exemplo " "O nosso Big Picture".

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Estamos de volta...

Depois de uns meses de descanso e de lazer é tempo de começar um novo ano letivo.
Chegou o momento de reencontrar amigos e professores. Um novo ano, novas caras, novas disciplinas, novos livros e muitos desafios!
Este vai ser um ano espetacular! Aproveita os desafios que a escola e a BE te oferecem...


terça-feira, 13 de junho de 2017

Novidades literárias na nossa Biblioteca

A nossa Biblioteca está repleta de novidades literárias...
A não perder!


 






segunda-feira, 12 de junho de 2017

Boas férias!!

A equipa da Biblioteca Escolar deseja a todos 

Bo@s Féri@s, com muit@s e bo@s leitur@s...



terça-feira, 6 de junho de 2017

O Mercado do livro usado

No dia 2 de junho realizou-se o mercado do livro usado, inserido nas comemorações do VIII Dia Aberto, da escola D. Afonso, IV Conde de Ourém.




segunda-feira, 29 de maio de 2017

História Vai e Vem





O Projeto “ História vai e vem”, vai ao encontro do desenvolvimento de competências transversais a diferentes áreas/disciplinas curriculares, através da escrita criativa.  Os alunos dos 4º e  5º anos, do Agrupamento de Escolas Conde de Ourém,  envolveram-se na escrita e ilustração de uma história que andou a viajar de escola em escola, semanalmente, segundo uma ordem definida.


História Vai e Vem - o Ebook

terça-feira, 2 de maio de 2017

Apreciar a poesia com as novas tecnologias - (YOUTUBE)

EUGÉNIO DE ANDRADE

Poeta português, nasceu em 19 de Janeiro de 1923 em Póvoa de Atalaia, Fundão, no seio de uma família de camponeses. A sua infância foi passada com a mãe, na sua aldeia natal. Mais tarde, prosseguindo os estudos, foi para Castelo Branco, Lisboa e Coimbra, onde residiu entre 1939 e 1945.
Abandonou a ideia de um curso de Filosofia para se dedicar à poesia e à escrita, actividades pelas quais demonstrou desde cedo profundo interesse, a partir da descoberta de trabalhos de Guerra Junqueiro e António Botto. Camilo Pessanha constituiu outra forte influência do jovem poeta Eugénio de Andrade.
Embora não se integre em nenhum dos movimentos literários que lhe são contemporâneos, não os ignorou, mostrando-se solidário com as suas propostas teóricas e colaborando nas revistas a eles ligadas, como Cadernos de Poesia; Vértice; Seara Nova; Sísifo; Gazeta Musical e de Todas as Artes; Colóquio, Revista de Artes e Letras; O Tempo e o Modo e Cadernos de Literatura, entre outras.

fonte:https://www.youtube.com/watch?v=NVndAB7gmXY

Poesia para crianças


O poeta Mário Quintana além de escrever para adultos, dedicou seu talento também ao público infantil. Quintana escreveu para as crianças de forma simples e bem-humorada e soube, como poucos, entrar facilmente o universo infantil.

POEMA
Os poemas são pássaros que chegam
não se sabe de onde e pousam
no livro de quem lês.
Quando fechas o livro, eles alçam vôo
como de um alçapão.
Eles não têm pouso
nem porto
alimentam-se um instante em cada par de mãos
e partem.
E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
no maravilhoso espanto de saberes
que o alimento deles já estava em ti...

Mario Quintana



fonte: http://poesiaparacrianca.blogspot.pt/search/label/Mario%20Quintana



quinta-feira, 27 de abril de 2017

terça-feira, 21 de março de 2017

21 de março, Dia Mundial da Poesia

A data foi criada na 30ª Conferência Geral da UNESCO a 16 de novembro de 1999.

O Dia Mundial da Poesia pretende celebrar a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação.
A poesia em Portugal apresenta várias obras de vários autores mundialmente conhecidos pela beleza das suas palavras.
Eugénio de Andrade é um exemplo disso  mesmo:

Adeus
Já gastámos as palavras pela rua, meu amor,
e o que nos ficou não chega
para afastar o frio de quatro paredes.
Gastámos tudo menos o silêncio.
Gastámos os olhos com o sal das lágrimas,
gastámos as mãos à força de as apertarmos,
gastámos o relógio e as pedras das esquinas
em esperas inúteis.
Meto as mãos nas algibeiras e não encontro nada.
Antigamente tínhamos tanto para dar um ao outro;
era como se todas as coisas fossem minhas:
quanto mais te dava mais tinha para te dar.
Às vezes tu dizias: os teus olhos são peixes verdes.
E eu acreditava.
Acreditava,
porque ao teu lado
todas as coisas eram possíveis.
(...)

                         Eugénio de Andrade

terça-feira, 14 de março de 2017

Palestra: "Trabalhar para o bem comum"

No dia 2 de março, podemos assistir ao testemunho de Alexandre Soares dos Santos, na magnífica palestra ”Trabalhar para o bem comum” na Biblioteca sede.










quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Livraria Lello festeja 111 anos

A Livraria Lello, no Porto, festeja o seu 111.º aniversário na sexta-feira com oferta de livros, a atuação da ‘rapper’ Capicua e planos para começar a vender livros para todo o mundo em 2017. Logo pelas 10h de sexta-feira, a Lello, localizada na rua das Carmelitas, número 144, junto à Igreja dos Clérigos, abre as portas a todos os visitantes, gratuitamente, e vai oferecer aos primeiros 111 visitantes um exemplar do livro infantil intitulado “Na livraria mais bonita do mundo”, que é uma edição da própria Livraria Lello.
A ‘rapper’ portuense Capicua apresenta pelas 11h o livro/disco “Mão verde”, oferecendo ao público uma breve atuação sobre o seu novo trabalho, para logo de seguida, pelas 11h30, serem inauguradas as primeira montras temáticas de 2017 da Livraria Lello, com coordenados da marca portuguesa Storytailors, apresentando vestidos inspirados na azulejaria e na porcelana portuguesas, em exposição até 28 de fevereiro.

fonte:http://observador.pt/2017/01/12/livraria-lello-regista-um-milhao-de-visitantes-em-2016-e-quintuplica-venda-de-livros/

CONHECES AS HISTÓRIAS DE ASTÉRIX?


Astérix e Obélix  são  personagens de Banda Desenhada da série Astérix criado em 1959, em França, por Albert Uderzo e René Goscinny.
Obélix  é o melhor amigo de Astérix e possui uma força sobre-humana, pois caiu num caldeirão de poção mágica do druida Panoramix quando era criança, recebendo o poder dela indefinidamente.

As suas maiores diversões são atacar as legiões romanas causando enorme terror aos legionários, e claro, fazer uma boa refeição, de preferência javalis assados, que Obélix devora com enorme apetite. Ele exerce a atividade de escultor e distribuidor de menires. Obélix é notável pela sua ingenuidade e estupidez, sua irritação quando o chamam de gordo, e criticar posturas culturais inusitadas (mais comumente dos romanos, com o bordão "Esses romanos são loucos" - que costuma ser alterado para um povo relevante na história). 
Filho de Astronomix e Pralina, Astérix nasceu no mesmo dia que seu melhor amigo, Obélix.  Ele é pequeno porém corajoso, e um dos mais sábios e sãos habitantes da aldeia (conhecida por "aldeia dos loucos"), e por isso geralmente é designado para missões. 
Asterix é solteiro, e embora não tenha sido introduzido um interesse romântico para ele (ao contrário de Obélix, apaixonado por Falbala), 
Uma característica marcante do visual do personagem é seu capacete alado, com as asas alterando-se junto com o humor do personagem.

A nossa biblioteca tem imensos livros desta maravilhosa coleção. Não percas a oportunidade, passa por cá e diverte-te a ler as maravilhosas aventuras destes heróis da Banda Desenhada.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

7 de janeiro - Dia do Leitor

O dia 7 de janeiro é lembrado anualmente como o Dia do Leitor, data que homenageia principalmente os destinatários dos autores, que se dedicam aos livros, à maravilhosa aventura de viajar mentalmente pelas histórias, pelo aprendizagem, pela cultura e pela diversão.